Microsoft com suporte a equipamentos de nova geração apenas com windows 10

A atualização à política de suporte da Microsoft trouxe uma novidade pela indicação de nos computadores domésticos com as novas arquiteturas de processadores a partir do Skylake lançado em 2015, só vão poder funcionar com windows 10. Nas empresas o suporte continuará apenas num conjunto muito restrito de dispositivos.

A Microsoft oferece tradicionalmente um suporte a um novo sistema operativo durante 10 anos, o que tem contribuído para que as empresas não se atualizem tão rápidamente quanto os utilizadores domésticos, que tentam também atrasar ao máximo a atualização dos seus computadores com um  maior recurso a dispositivos do tipo tablet.

Descubra os nossos serviços de Segurança

Ver Mais

Para tentar acelerar a adopção de novos sistemas estão a ser integrados novos requisitos no hardware

O windows 7 contará com suporte até 14 de janeiro de 2020, e o windows 8.1 com suporte até 10 de janeiro de 2023, quem ainda utiliza o windows 8 este já perdeu o suporte de segurança pela microsoft pelo que recomenda-se atualizar para o windows 8.1 ou windows 10.

A integração desta nova política de suporte decorrerá por fases, a começar com os sistemas baseados no recentes processadores de 6ª geração da Intel, Skylake. O que significa que os dispositivos para o mercado doméstico que utilizem Skylake, para terem acesso a suporte de segurança deverão de integrar o windows 10 com este hardware.

Para o mercado empresarial, pelo menos por agora, para as empresas que adquirirem novo hardware baseado nos novos processadores Skylake e pretendam utilizar versões anteriores do windows, a Microsoft elaborou uma lista de dispositivos específicos com skylake que terão suporte para windows 7 e windows 8.1, durante 18 meses, até julho de 2017, a partir dessa data terão obrigatoriamente que atualizar para windows 10 para continuarem a ter suporte.

Subscreva a nossa newsletter de Segurança

Dessa lista alguns dos dispositivos que constam na primeira versão são o Dell Latitude 12, Latitude 13 7000 Ultrabook, e o XPS 13; o EliteBook Folio da HP e o EliteBook 1040 G3; o ThinkPad T460s, assim como os modelos X1 Carbon e P70, da Lenovo.

A lista continuará a ser atualizada, segundo a Microsoft. A ideia é garantir aos clientes empresariais que estes modelos terão um desempenho particularmente bom com Windows 10, numa era de atualizações contínuas do sistema operativo.

A Microsoft destaca também na sua publicação que está a haver “uma procura sem precedentes” por parte dos clientes empresariais, em relação ao Windows 10. Motivados sobretudo pelos novos recursos de segurança, tais como o Windows 10 Credential Guard, que utiliza a virtualização do hardware para proteger as credenciais pessoais de ataques.

A título de curiosidade veja o calendário de lançamento desde a primeira geração de processadores da Intel  com processamento gráfico incorporado

Intel hd


Partilhar esta Notícia

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • linkedIn